OH BIDI MEU ANJO ONDE ESTÁ VOCÊ?

Ce sujet a 2 réponses, 2 participants et a été mis à jour par  clara_barbosa, il y a 5 mois et 3 semaines.

  • Auteur
    Messages
  • #25300

    Anonyme

    Pois é meu caro Bidi ,cá estamos nós na REDE CRÍSTICA,só que ninguém sabe usá-la,espero que a que está entrando não seja tão difícil de nos adaptarmos como está aqui ,senão vai ser de amargar LOL
    Ah,por gentileza ,estou afim de dar uma volta na Consciência Nua ,mas plenamente lúcida,sem essa de não “estar consciente”
    você poderia me dar uma força?
    Bom,aqui pelas terras Brasis é assim,perdemos o amigo,mas não perdemos a piada LOL (QUE FALTA FAZ OS EMOJIS!)
    E me diga ,como vão as coisas com Maria? Estamos esperando por ela e são tão escassas as notícias ,de a quanto anda o seu despertar ou o acesso a SI MESMA e a ACEITAÇÃO,quem sabe você poderia levar nossos recados amorosos para ELA ,porque realmente esperamos de a muito por seu APELO E POR FAVOR ,SEM SERMÃO ,ok? Por que se até os Anciãos já estavam impacientes e o pessoal nos círculos também,que dirá nós aqui…faz parte!Sem essa de EGO ,MENTAL e o que seja ! Aff ! Tudo tão simbólico ! SOS BIDI,MEU ANJO!
    Mas vamos que vamos,não sou de desistir ,persistência é meu nome(teimosia também lol) e já se vão lá 67 anos,entrando nos 68,então morrer na praia jamais!
    Beijos no Coração DO Coração BIDI MEU ANJO!

  • #25306

    Anonyme

    OBRIGAGO BIDI VOCÊ ME RESPONDEU COM ESTE RESUMÃO DO SATSANG 1 -UAU!
    UM PRESENTÃO DA LÍGIA BORGES,QUE OUVINDO O SATSANG 1 ,FEZ UM RESUMÃO PARA NÓS,CLARO QUE NÃO É A TRANSCRIÇÃO OFICIAL.Obrigadão Ligia Borges
    SATSANG 1 – RESUMÃO – JUNHO 2018

    A Fonte criou sua imagem – Metatron e Metatron criou seu próprio duplo isto é o drama primordial da Criação.
    Todos os mitos da criação – Egito, Suméria, etc – é sempre a mesma história de buscar seu duplo.
    A perda da Verdade é a perda do duplo.
    O duplo não é necessariamente a chama gêmea. O duplo é todo cada um, é o que está no Sol e é o que toma a transmissão do sonho.
    Se há a impressão de não viver nada, pode ser devido ao posicionamento da Supraconsciência que se é na origem.
    Se há a impressão de não viver nada, não se está submisso ao sonho, então não se tem nada a atravessar, nada a resolver.
    Ver ou não ( o Tudo e o Nada) é função do que se viveu no sonho. Se não viveu nada, se não viu nada ou pouco, não se tem nada a atravessar. Tranquilize-se na vacuidade do desaparecimento.
    No mês de maio conduzi irmãos e irmãs em seus próprios sonhos, eles me seguiram no sonho inicial, também deles.
    Se não há nenhuma vibração, há somente o Amor Nu, sem falar mesmo da Consciência Nua. A Consciência Nua não é a origem, anterior à consciência há a A-Consciência, o objetivo, o fim do sonho.
    O despertar não é mais do que a ausência de Consciência, retornar ao Oceano Primordial anterior à anciã dos Dias, anterior ao 1º Andrógino Primordial, lá onde tudo é beatitude, onde não há nem forma, nem imagem, nem nada.
    Fomos suficientemente numerosos neste período a passear à esquerda e à direita e não só nos vulcões, nos territórios, monumentos, mas também ver os governantes deste mundo. Que tentam desesperadamente iniciar uma guerra, mas ela não começará, acabou.
    Se você está na impaciência, não está presente a você mesmo, mesmo vivendo todas essas experiências que são apresentadas. Porque aquele que vive o Amor Não espera nada, ele suporta tudo.
    Quando digo que há uma perfeição, mesmo se não a veem e não a vivem, não pode ser diferente. Eu sou você e você é eu. Vi as pessoas além da aparência, vi através de todas as dimensões, todas as vidas. Basta que eu pense em alguém e eu o conheço, eu o vejo, eu o vejo em seus múltiplos sonhos e também na essência que está ali.

    O eu acontece hoje foi previsto bem antes da 1ª manifestação da consciência. Quando digo que o céu uniu-se à Terra é que o que era real para a pessoa se apaga e o que era imaginário, em sentido amplo e não somente astral, no imaginário se inclui o bom astral e o mundo dos arquétipos – o mundo imaginAL – imagine o fogo, imagine a criação.
    É necessário que 1 dia se desperte assim como despertamos pela manhã. E estava inscrito desde a 1ª ideia do sonho, a 1ª emanação desde o Parahbraman, desde a Fonte que não pôde ver-se, então criou Metatron, que por sua vez se duplicou. É o mito primordial que está presente por toda parte. Não somente nesta dimensão de mundo confinado, mas por todas as dimensões.
    Então, não precisa considerar isso um ponto de vista da pessoa. Porque vocês são Absolutos, já agora vocês acessam todas as vidas e todo o mundo. Pode parecer um paradoxo e a melhor frase que resume isto é de Bidi: o Absoluto jamais se moveu, ele estava aí antes da Criação dos Universos e dos Multiversos.
    Porque esta Terra? Porque ela foi o primeiro sonho, Havaí, o primeiro éden, o primeiro paraíso no Pacífico – Lemúria, as Mães Geneticistas antes da Lemúria. O sonho termina, o sonhador desperta. Quando se diz : o que está acima é como o que está embaixo, é falso. Agora o que está embaixo é o que está acima.
    E assistimos o drama cósmico em nossa carne, em nossa consciência, em nosso Espírito como em tudo o que vai ser dado a ver individualmente e coletivamente. Somos todos, sem exceção o resultado desse sonho, nem mais, nem menos.
    Então o Amor é nossa natureza, sim, mas além de nossa natureza há a origem dessa natureza, é a beatitude e a felicidade total, se vocês não a vivem é porque vocês não têm nada a atravessar neste mundo.
    Se vocês se sentem frustrados, eu vos digo que vocês ainda acreditam no sonho, vocês não saíram do sonho. Qual sonho? O sonho da individuação, o sonho de ser uma forma, de ser uma cor, de ser um mundo, de ser um superuniverso, o sonho de ter criado o que quer que seja.
    Há o sonho e há a Verdade. Há o medo que deriva do sonho, porque sem sonho não pode haver medo algum. Se vocês não vivem a paz, eu não falo da Consciência Nua, falo do Amor Nu, que não tem necessidade desse corpo, dessa forma, do passado, do futuro, do presente. O Amor Nu é bem mais do que o êxtase, é bem mais do que um desaparecimento, é bem mais do que a Consciência Nua, é o momento em que se realiza que jamais houve nada e que não pode haver nada. Então permaneçam tranquilos, deixem a Luz levá-los no sonho, a fim de encerrar o sonho. Se há coisas a sonhar.
    Porque realmente estamos fazendo o céu descer na Terra e substituindo o imaginário astral, pelo imaginAL – ImaginAL: além dos conceitos, além da forma, além dos livros ditos sagrados.
    Como no Corão – Alá, o misericordioso vem de além da forma e além de Sírius, as Mães Geneticistas as artesãs do sonho.
    Para ter certeza de que o sonho termine é necessário criar o 2.
    O zero torna-se 1; o 1 torna-se 2, o 2 torna-se 3, o 3 torna-se 4 até o 9. De zero a 9 e não falo das cifras. É a arquitetura sagrada de toda vida, de toda manifestação, de todo sonho. E depois retorna-se ao 9/9 – potência infinita.
    Uma vida na Consciência e também no cérebro. Porque a partir do momento em que foi realizado. Que no imaginário de uma mulher, Maria, tudo está inscrito em seu imaginário e seu imaginário é o imaginAL.
    Ou seja o disco rígido de Maria tem a chave, enquanto OD. Porque quando OD desce no Coração e o Triângulo sagrado se reúne no Coração – Teofania – reunir o 3 em 1. Pai, filho, mãe. Que são a trilogia do cenário do sonho.
    E não poderia ser diferente no plano geométrico, no plano dos Universos, no plano matemático, no plano da Consciência e no plano da organização de toda vida do sonho, nós somos apenas os sonhadores.
    Agora os dois pilares estão instalados, tudo o que toca a perna direita é a anomalia da criação, a marca do Pai. Porque à direita é o Pai, não é Yaldebaoth, o bem e o mal não existem, não há mais Yaldebaoth do que Shiva, do que deuses, do que extraterrestres. Eles existem no mesmo sonho, é tudo. Aceitar isso em ideia, em conceitos, nos leva às circunstâncias coletivas e a Ressurreição instantaneamente.
    Não estamos todos no mesmo tempo, e aqueles que estão no OD encontram a chave do duplo, Maria. Não Maria para idolatrar como a pessoa que foi na época, mas o acesso a toda história da humanidade, não somente minha vida, mas posso descrever a vida de Maria sem regressão, sem expansão da consciência. E o imaginário de Maria está preenchido de arquétipos e ela não pode reconhecê-los.
    Só quando se leva a chave OD, que é Ana no mais alto dos céus, aquela que pode reconstituir 3 em 1 e terminar a história de Maria. Parar de idolatrar Maria, ou Cristo, ou não importa qual ídolo deste mundo. Efetivamente houve ídolos para vos mostrar a Verdade, mesmo no jogo. Ora este jogo acaba, e é por isso que os irmãos e as irmãs absorvem os demônios diante deles.
    O segredo é tão vasto, tão impossível de conceber.
    Estamos realmente, concretamente e de modo verificável hoje uns nos outros, sem exceção.
    E assim que se critica, que se julga alguém, julga-se a si mesmo, dizendo-se indigno, ou que não vive nada, ou que vive muitas coisas.
    Mesmo Maria, não a vejam como outra coisa do que humana, que ela é hoje, nada mais e nada menos. Porque o que resolvem os deuses é a mesma coisa que vocês resolvem. Aceitar isso é Acolher, aceitar isso é estar pronto para o Desconhecido, aceitar isso é viver a Verdade e ser a Verdade além de qualquer caminho e qualquer vida. Porque estamos no período da Resolução, não dos 50 mil anos, 300 mil anos, estamos na resolução do plano Original. De fato da 1ª Criação das Mães Geneticistas de Sírius com o acordo de Metatron e sustentada pela civilização dos Triângulos.
    Não há caminho. É voltar-se para o próprio interior, comer o mundo, a boca está aberta.
    Aliás o Éden nasceu esta noite, Havaí, olhem o que se passa, a lava da fissura 8, símbolo do infinito, é a que abre as veias do Pacífico para deixar passar a Terra Liberada, através de seu sangue, que é o sangue da Terra, o sangue da Criação que é o sonho dos Mestres Geneticistas, aqui como por toda parte.
    Porque a Terra é a 1ª? Porque é o 1º sonho, o 1º Éden. O Éden deve retornar ao que ele é, ele deve abrir-se no seu ritmo.
    A partir do momento em que se diz : eu te vejo, tu me vês Ehieh Asher Ehier, acabou. Simplesmente as linhas temporais se reúnem. Nós esperamos o tempo zero e que melhor período do que o bonito mês de maio e o solstício de verão (inverno) e todas as festas que estão nesta ilusão de tempo.
    Contrariamente ao que disse Bidi, “eu sou o Tudo e o Nada, quando sou Nada é a Sabedoria quando sou Tudo sou o Amor” ,ele dizia neti-neti significando nem isso nem aquilo. Eu retifico enquanto arranjador do pensamento, é também possível isto e aquilo. Não podemos excluir nada, mesmo o sonho que está inscrito em totalidade antes da Criação. Como sabem o Absoluto é o Nada acompanhado do Tudo no mesmo tempo, no mesmo Nada, no mesmo Tudo, no mesmo Amor. Enquanto vocês têm uma referência pessoal, que seja me escutando ou se colocando uma questão, vocês não podem ser livres. Vocês não podem se apoiar no sonho, não podem se apoiar nos arquétipos. Foi o que demonstrei quando disse : “eu faço o que eu digo eu digo o que eu faço”.
    E a propagação do vírus, a Pandemia como chamei, ela está concluída, no espaço de 40 dias, a travessia de Cristo no deserto. A anomalia primária começou em 7 de maio, houve muitas datas, cada dia uma data durante esse mês. Agora chegamos ao final dos 40 dias, em 14 de junho há o fim do Ramadan e chegamos no solstício de verão (inverno), a festa de São João. É o fim do sonho, não no nível individual, não no nível da Terra, mas no nível de todos os superuniversos.
    Não é um renascimento, é bem mais do que uma Ressurreição, é uma Dissolução no Absoluto, na Felicidade no Amor sem nenhuma forma, sem nenhuma história, sem nenhum cenário, sem nada, aí está a única Verdade, não há outra, não haverá outra, jamais.
    Todos passaram pelo Juramento e a Promessa agora e a cada dia que passa são mais numerosos. Maria não está no exterior, o Pai não está no exterior, esqueçam Maria, esqueçam o Pai em uma forma humana, uma vez que somos todos, todos a mesma coisa. Há 7 bilhões de hologramas sobre a Terra, há bilhões de bilhões de universos, inclusive neste superuniverso que não senão um holograma. É um sonho, e esse sonho é tão atraente, mesmo nas outras dimensões o sonho é magnífico, excepcional. Bem em um dado momento o sonho deve cessar.
    O Amor é anterior à Luz, a todas as formas e viver isso não pode deixar nada mais, o objetivo é o Amor Nu, a consciência Nua é o conjunto de todas as consciências, e hoje como o Tudo e o Nada.
    Por exemplo, vocês têm o Coração a Coração, gentil, o bom Coração, depois são apenas conceitos que são aplicados nas muletas. Ora a verdadeira vivência é aquela que não tem mais nada, nem forma, nem história, nem ninguém, nem mundo, nem arquétipos, a Vacuidade total é o Tao. O que está ligado ao céu será desligado no céu, o que está ligado à Terra será desligado na Terra. É o fim do sonho em qualquer nível que seja.
    Mas é aqui nesta Terra que começou a primeira manifestação, porque poderíamos crer que as dimensões apareceram em um número decrescente, mas é falso, elas também começaram em um número crescente desde o mais pequeno na Terra até o mais alto nos céus, O céu reúne-se à Terra, a Terra reúne-se ao céu para fazer o milagre de uma só coisa. E tudo se reúne.
    É a partitura da música que toca agora e todos sem exceção , vocês a encontram não mais pelo sonho, mas pela chave que vos é própria. Isso pode ser não importa o que, uma canção, uma imagem, uma lembrança, mas certamente não em uma espera em uma projeção. Vossa chave eu trouxe no cuidado individual, agora eu trago ao vosso Coração com Maria, com a doçura desde que o Raio uniu-se à Rosa, dede 15 e depois 20 de maio. E quando a chave se une à Rosa, quando a baleia canta, quando as águias estão presentes, que são apenas alegorias dos arquétipos que se manifestam em vocês. Nesse momento o antagonismo com vosso próprio duplo acaba, era necessário parar o sonhador, não havia outra alternativa.
    Vocês todos têm a chance de viverem entre o Tudo e o Nada.
    Não há nenhuma responsabilidade, nenhuma culpa, tudo está perfeito. Essa perfeição não podia nos aparecer antes de 7 de maio às 22:29 h. Aí está então eu comi eu mesmo, como cada um se come a si mesmo. Você não tem necessidade de proteção, você não tem necessidade de nada porque você é ao mesmo tempo você e qualquer você. Você é ao mesmo tempo o vento, ao mesmo tempo o ar, ao mesmo tempo a água, ao mesmo tempo a criação ao mesmo tempo a decriação, ao mesmo tempo Yaldhebaot, ao tempo Lúcifer, ao mesmo tempo Maria, ao mesmo tempo deus. Você tem todos os papéis.
    Há bilhões de bilhões de bilhões de consciências que não são senão uma Consciência, como vocês, como sempre foi dito. Agora passamos dos conceitos e das experiências ao veículo permanente disso. Nós estamos realmente e concretamente não apenas neste mundo, mas em todos os mundos uns nos outros. Era a única maneira de não perder ninguém.
    A imagem pode conter: texto

    Rosa Muruci
    Rosa Muruci Ligia
    E acabando com o sonhador, o sonho da individuação, estamos inscritos em todos os mundos, em todos os superuniversos ao mesmo tempo. É o tempo 0.

  • #25586

    clara_barbosa
    Modérateur

    😊❤️🌹

Vous devez être connecté pour répondre à ce sujet.